fbpx

Graduação

Engenharia de Produção

Informações Legais e Regulatórias

O Curso de Engenharia de Produção da Faculdade Ipanema foi Autorizado pelo Ministério da Educação através da PORTARIA Nº 808 de 22/12/2014 e recebeu nota de excelência, conceito 4 (nota de 1 a 5).

Proposta do Curso

O engenheiro de produção é fundamental em empreendimentos de quase todos os setores. Cabe a ele gerenciar os recursos humanos, financeiros e materiais de uma empresa a fim de elevar sua produtividade e rentabilidade. A matriz curricular da Faculdade Ipanema associa conhecimentos de engenharia a técnicas de administração e fundamentos de economia. Assim, o engenheiro será capaz de propor procedimentos e métodos que racionalizam o trabalho, aperfeiçoam a produção e ordenam as atividades financeiras, logísticas e comerciais de uma organização. Por atuar como elo entre os setores técnicos e administrativos, seu campo de trabalho ultrapassa os limites da indústria. O especialista em economia empresarial, por exemplo, costuma ser contratado por bancos para montar carteiras de investimentos. Também é requisitado por empresas prestadoras de serviços para definir funções e planejar escalas de trabalho.

Em suma, o engenheiro de produção formado pela Faculdade Ipanema poderá garantir a eficiência dos processos produtivos, além de manter baixos os custos de produção de uma empresa ou indústria.

Bolsas e Descontos de até 50%

A Faculdade Ipanema oferece bolsas de estudo por meritocracia, ou seja, os descontos são proporcionais ao desempenho do candidato no Exame Vestibular (Agendado ou Tradicional), que podem chegar a até 50% de desconto para o curso todo. Inscreva-se para o Exame Vestibular clicando aqui.

Além disso, a Faculdade Ipanema possui um convênio exclusivo com o Programa Mais Acesso, que através de uma análise socioeconômica, disponibiliza bolsas/subsídios de até 50% de desconto para todo o curso. Inscreva-se para o Programa Mais Acesso clicando nesse link.

Avaliação do MEC comprova que a Ipanema é a melhor Faculdade de Sorocaba

A cada três anos, o MEC (Ministério da Educação), organiza e aplica provas (ENADE) para alunos das Instituições de Ensino Superior de forma a medir o desempenho dos estudantes e a qualidade do processo educacional. Os cursos podem obter conceitos de 1 a 5, sendo que 1 e 2 os cursos são considerados reprovados e 3, 4 e 5 os cursos são considerados aprovados.

A Faculdade Ipanema é a única instituição de Sorocaba com 100% dos cursos aprovados no último ENADE divulgado pelo Ministério da Educação. Esse desempenho demonstra a qualidade e excelência do ensino oferecido pela instituição.

Dias e Horários

Aulas de segunda à sexta-feira das 19h às 22h40min

Conheça alguns de nossos professores

Marco Antonio Lopes – Possui graduação em Engenharia pela Universidade Estadual de Campinas (1976) e mestrado em Administração pela Universidade Paulista (2002). Atualmente é professor mestre da Universidade Institucional do Estado de São Paulo e da Faculdade Anhanguera de Sorocaba.

Roberto Luiz Escobar – Graduado em Engenharia Mecânica pela UNESP, Mestrado em Engenharia Mecânica pela UNICAMP e MBA Executivo em Gestão Empresarial pela FGV. Mais de 15 anos de experiência como Gerente Técnico e de Engenharia. Gerenciou projetos de novos produtos, trabalhos de redução de custos e de aumento de produtividade através de melhorias nos produtos, redução de peso, otimização de performance, melhoria de processos e desenvolvimento de fornecedores alternativos. Especializado em cálculos mecânicos e estruturais.

Emerson Busnello – Mestre em Habitação : Tecnologia e Planejamento pelo IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo. Professor das disciplinas de Cálculo, Ciência dos Materiais e Teoria das Estruturas nas Faculdades Pitágoras e Ipanema. Atua como Engenheiro Civil, com ênfase em Materiais e Componentes de Construção, principalmente nos seguintes temas: controle tecnológico do concreto e solos, blocos de concreto, cimento portland, ensaio acelerado por método termoquímico, previsão da resistência à compressão, argamassas de revestimento e assentamento e outros materiais. Sócio Diretor Técnico da Qualitec – Controle Tecnológico nas regiões de Sorocaba, São Paulo e São José dos Campos. Tecnologista em Controle Tecnológico do Concreto pelo NQCP / IBRACON. Membro da Comissão Técnica de Laboratórios de Ensaios (CT01) de assessoramento à CGCRE/INMETRO. Associado ao Instituto Brasileiro do Concreto – IBRACON.

Flavio Utida de Morais – Engenheiro Civil pela Faculdade de Engenharia de Sorocaba, Pós-graduado em Engenharia de Produção pela Universidade São Judas Tadeu e Tecnólogo em Mecânica Projetos pela FATEC-SP. Possui Especialização em Desempenho Térmico e Acústico de Edificações e atua como Responsável Técnico na empresa YKK do Brasil. Atualmente é membro da Comissão de Estudos Especiais (CEE-191) das normas ABNT NBR 10821 – Esquadrias para Edificações e ABNT NBR 14718 – Guarda Corpos para Edificações.

Daniel Azevedo Mendes de Oliveira – Engenheiro Florestal pela Universidade Federal de São Carlos – Campus Sorocaba. Mestre em Agroecologia e Desenvolvimento Rural pelo Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de São Carlos. Experiência na área de Restauração Florestal, Agrossilvicultura, e Agroecologia. Atualmente trabalhando em projeto de agricultura urbana com enfoque agroecológico na região de Piracicaba.

Fabio Rogerio Lopes de Oliveira – Licenciado em quimica plena – Faculdades Oswaldo Cruz (2000) , Graduado em Química Industrial pela Universidade Metodista de Piracicaba (1999), MBA em Gestão Estratégica de Negócios e pós Graduado em Engenharia da Qualidade Integrada. Cursando MBA em Gestão Ambiental na Faculdade Estacio de Sá.

Danilo Ribeiro da Costa – Graduado em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de São Carlos – UFSCar (2011). Mestrando no programa de Pós-graduação de Engenharia de Sistemas Agrícolas – USP. Trabalha com modelagem ambiental com avaliação multicritérios em ambiente SIG, conservação e gestão de recursos florestais. Durante o curso realizou estudos com resíduos florestal na fabricação de briquetes, foi monitor da disciplina de Física 2 e bolsista de extensão onde realizou estudos com proprietários rurais.

Claudia Martin – Arquiteta e Urbanista graduada pelo Faculdade de Belas Artes de São Paulo (1986) e Mestra em Arquitetura, Tecnologia e Cidade pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP (2013). Com 29 anos de experiência em elaboração e gerenciamento de projetos arquitetônicos e loteamentos urbanos, desenvolve estudos de viabilidade, projetos legislativos, projetos executivos, acompanhamentos de obras e consultorias técnicas. Realiza Projetos de Arquitetura de edifícios e condomínios residenciais, habitações de interesse social, edifícios comerciais, institucionais e arquitetura para a área da saúde. Possui artigos publicados em congressos e revistas e atua como docente em cursos de graduação e pós graduação na área de Arquitetura e Urbanismo desde 2013.

Luiz Carlos Pereira Junior – Graduado em Matemática pela Universidade Estadual Paulista – UNESP (2008). Mestre em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC (2011). Atua nas áreas de Energia solar, fontes alternativas de geração de energia, gerador solar fotovoltaico. Em 2013 teve o trabalho de dissertação de mestrado indicado pelo Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil – UFSC para concorrer ao Prêmio Vale Capes de Ciência e Sustentabilidade. Foi pesquisador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Energias Renováveis e Eficiência Energética da Amazônia INCT – EREEA. Co – autor de três publicações internacionais na área de energia solar fotovoltaica. Desde 2009 integra o Grupo de Pesquisa Estratégica em Energia Solar – Fotovoltaica UFSC. Atua como consultor na área de pesquisa em Energia solar fotovoltaica da empresa Knob Tecnologia.

Samir Apaz Otto Ungria – Possui graduação em projetos , manutenção e operação de equipamentos pela Faculdade de Tecnologia de Sorocaba (2005), graduação em licenciatura plena em física pela Universidade Metropolitana de Santos (2008) e graduação em licenciatura plena em química – Faculdades Oswaldo Cruz (2006). Atualmente é professor – colégio Uirapuru, curso técnico em química e professor do ensino médio da Organização Sorocabana de Ensino.

Duração:
5 anos
Turno:
Noturno
Vagas

50

10º Semestre
CH 80 – Pesquisa Operacional
CH 80 – Gestão do Conhecimento
CH 80 – Gestão da Manutenção
CH 80 – Processos Lean Manufactoring
CH 40 – Logística Reversa
CH 40 – Trabalho de Conclusão de Curso II – Metodologia Científica

9º Semestre
CH 80 – Cadeia de Suprimentos e de Produção
CH 80 – Gestão de Produção
CH 40 – Administração e Empreendedorismo
CH 80 – Ergonomia, Saúde e Segurança no Trabalho
CH 80 – Modelagem, Análise e Simulação de Sistemas
CH 40 – Trabalho de Conclusão de Curso I – Metodologia Científica

8º Semestre
CH 80 – Administração da Produção e Operações
CH 80 – Logística e Transportes
CH 80 – Processos de fabricação
CH 40 – Sistemas de informação Integrados
CH 80 – Gestão da Competência e Inovação
CH 40 – Projeto Integrador do Semestre – PIS VIII

7º Semestre
CH 80 – Desenvolvimento de produtos
CH 40 – Marketing
CH 80 – Instalações Industriais
CH 80 – Materiais de construção mecânica
CH 80 – Automação e Controle
CH 40 – Projeto Integrador do Semestre – PIS VII

6º Semestre
CH 80 – Controle Estatístico de Processos
CH 80 – Ciência dos Materiais
CH 40 – Resistência dos Materiais II
CH 80 – Termodinâmica – Máquinas
CH 40 – Projeto de Sistemas Mecânicos
CH 40 – Eletricidade aplicada
CH 40 – Projeto Integrador do Semestre – PIS VI

5º Semestre
CH 80 – Gestão da Qualidade e Produtividade
CH 80 – Engenharia Econômica
CH 40 – Trabalho, Qualidade de Vida e Benefícios
CH 80 – Gestão Financeira e Orçamentária
CH 80 – Gestão de Projetos PMI
CH 40 – Projeto Integrador do Semestre – PIS V

4º Semestre
CH 80 – Física III
CH 80 – Estatística e Probabilidade
CH 80 – Resistência dos Materiais I
CH 40 – Equação Diferencial Ordinária
CH 80 – Mecânica dos Fluídos
CH 40 – Projeto Integrador do Semestre – PIS IV

3º Semestre
CH 80 – Cálculo III
CH 80 – Cálculo Numérico
CH 80 – Física II
CH 80 – Mecânica Geral
CH 40 – Gestão Ambiental
CH 40 – Projeto Integrador do Semestre – PIS III

2º Semestre
CH 80 – Cálculo II
CH 40 – Computação na Engenharia
CH 80 – Comunicação e Expressão
CH 40 – Ética, Responsab. Social e Sustentabilidade
CH 80 – Física I
CH 40 – Org. Industrial e Administração de Empresa
CH 40 – Projeto Integrador do Semestre – PIS II

1º Semestre
CH 80 – Álgebra Linear e Geometria Analítica
CH 80 – Cálculo I
CH 80 – Desenho Projetivo
CH 40 – Introdução à Engenharia
CH 80 – Química
CH 40- Projeto Integrador do Semestre – PIS I

Fechar


RECEBA NOSSAS
NOVIDADES E PROMOÇÕES

newsletter
enviar